Mídia

CEO da Maven realiza palestra sobre Conteúdo Digital

Aline Deparis participou do 25° Congresso Estadual da Adjori/PR


A Maven participou do 25° Congresso Estadual da Associação dos Jornais do Interior do Paraná (Adjori/PR) realizado nos dias 15 e 16 de setembro no Hotel Plaza Ecoresort Capivari, em Campina Grande do Sul. O evento reuniu jornalistas, empresários e políticos de mais de 30 estados para debater o futuro do jornal impresso.

A CEO da Maven, Aline Deparis, ministrou a palestra "Conteúdo Digital - Novas Experiências e Estratégias". De acordo com Aline, o conteúdo deve ser priorizado sempre independentemente da plataforma. "O conteúdo precisa ser formatado para cada canal. A velha forma analítica de comunicação unilateral A para B mudou completamente. Hoje, o conteúdo precisa conversar com o consumidor e vice-versa."

O especialista em Marketing da Web, Gilberto José Pacheco, falou sobre as novas ferramentas de comunicação do Google e como elas podem ajudar pequenos jornais. Assim como a CEO da Maven, Pacheco também acredita na personalização de conteúdo de acordo com a mídia. "Não estamos preparados para toda essa novidade. O conteúdo que vai para a internet precisa ser diferente daquilo que está nos impressos, mas que é possível fazer um belo texto e alcançar toda a distribuição possível usando a força do outro".

Um exemplo claro de como conteúdo precisa ser pensado para cada mídia foi apresentado pelo palestrante, Lyn Jannnuzzi, designer gráfico que já foi Editor Executivo de Arquitetura e Design da Informação do jornal Gazeta do Povo. Para ele, o design da reportagem precisa ser pensado na sua origem porque isso vai afetar diretamente apuração das informações. "Se as pessoas do design gráfico não trabalharem desde a concepção da pauta, não funciona. O design começa quando a matéria é pensada. Com essa integração, a forma de apurar a matéria muda, a forma de se pensar o material que precisa ser feito muda". 

Conteúdo também foi o foco da palestra do doutor em comunicação, Carlos Alberto Di Franco. Segundo ele, o jornalismo está em crise por causa da perda de qualidade de conteúdo. "O leitor está disposto a pagar por um produto de qualidade. Precisamos fazer uma autocrítica. Pensar como nós, produtores, distribuidores e processadores de informação, estamos vendo o mundo.  Jornalismo é a busca do essencial, sem enfeite; um jornalismo transformador é substantivo. O jornalismo está mais vivo do que nunca."

O congresso foi encerrado também com a pose do novo presidente da Adjori Brasil, Elízio Siqueiro, eleito no mês de junho em durante Congresso da Adjori em Santa Catarina. Cerca de 100 pessoas participaram do evento.

Comentários

VEJA TAMBÉM...