Negócios

Novo aparelho VR consegue igualar resolução de olho humano

Novo aparelho de Realidade Virtual alcança potência de resolução visual humana e promete alavancar mercado


A tecnologia de Realidade Virtual, que era uma das grandes apostas do mercado, não teve aderência dos consumidores esperada, mas nem por isso foi esquecida ou deixada de lado. Um bom exemplo de persistência no segmento foi o da empresa Varjo que acaba de lançar o melhor óculos VR produzido até então.

O VR-1, como é conhecido, promete alavancar as vendas do mercado. Isso porque a resolução dos displays do dispositivo é igual ao do olho humano, chegando a incríveis 3.000 pixels por polegada (ppi). Para que se tenha uma noção melhor de quanto é a fidelidade da resolução do VR-1, o mais novo dispositivo Apple tem uma tela com apenas 458ppi. Sabemos que são seguimentos e propostas bem diferentes, mas ainda assim é uma ótima fonte de comparação para termos ideia do quão preciso seus displays são.

As telas do novo óculos de Realidade Virtual da Varjo são compostas por quatro módulos. Dois centrais totalmente dentro do campo de visão do usuário e mais dois para cada olho obter uma visão periférica. Os displays principais foram construídos com tecnologia micro OLED e resolução de 1920×1080. As duas telas auxiliares também não são nada simples. Elas foram construídas no padrão AMOLED e conta com 1440×1600 pixels. A combinação desses quatro displays é chamada pela Varjo de "Bionic Display" pelo fato de igualar a qualidade de reprodução das imagens encontrada no olho humano.

O VR-1 não foi desenvolvido pensando em usuários domésticos, ele é um projeto para uso profissional de desenvolvedores de softwares 3D para VR. Por esse mesmo motivo o preço do dispositivo ultrapassa os 22mil dólares. Além disso, o super VR não vai chegar ao mercado brasileiro. A fabricante confirmou que ele será disponibilizado em apenas 34 países na América do Norte, Europa e Hong Kong.

Comentários

VEJA TAMBÉM...