Tecnologia

Biometria móvel poderá autenticar mais de U$ 2 trilhões em vendas até 2023

Estudo da Juniper Research apresenta uma previsão de crescimento de 17 vezes em relação ao ano de 2018


A utilização de senhas estáticas parece estar fadada ao fim. Utilizar a biometria para transações financeiras parece ser o próximo passo para garantir a segurança das transações e a integridade dos dados.

Com o aumento dos smartphones que comportam a tecnologia de autenticação biométrica, a utilização desse recurso já está sendo implementada aos poucos no mercado e se estima que essa tendência passe a ser o padrão utilizada pelas empresas.

Segundo a pesquisa "Mobile Payment Security: Biometric Authentication & Tokenisation 2018-2023" da Juniper Research, o volume de transações autorizadas via biometria esperado para o ano de 2018 é de U$ 124 bilhões e aponta que até 2023 esse valor vai ultrapassar a marca dos U$ 2 trilhões.

Outro dado importante é a expressividade do mercado de mCommerce, que representará, em 2023, cerca de 57% de todas as transações autorizadas biometricamente, um crescimento expressivo se compararmos aos 28% previstos para 2018.

A Juniper também acredita que o crescimento de smartphones com tecnologia de biometria será em torno de 80%, mas destaca a possibilidade da biometria comportamental que utiliza inteligência artificial para verificar a identidade do usuário em qualquer plataforma. Acredita-se que cerca de 90% dos smartphones em uso atualmente são capazes de suportar a biometria comportamental e que 80% já podem de efetuar pagamentos por voz.

Comentários

VEJA TAMBÉM...